• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    agosto 2009
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,365 pessoas!

É engraçado?

Sabe o que me deixa mais impressionado? É ver que algumas pessoas, hoje em dia várias, simplesmente não sabem aproveitar as oportunidades que são dadas para elas. Elas não estão ligando para nada, a bem da verdade é essa.

Tem coisas importantes pra fazer, que um momento de 40 minutos que fosse seria muito interessante para dar os últimos ajustes, os acertos finais, aquela “revisadinha” em tudo, pra ver se realmente as coisas vão andar da forma como se espera que andem. Mas, não. Estão apenas se divertindo, esquecendo que depois, aqueles 40 minutinhos que foram dados poderiam ter sido importantes para que não se dessem mal. Que aqueles 40 minutinhos poderiam ter salvado a vida dele, e feito alcançar um desempenho muito maior.

Mas, bom… Estou sendo um tanto injusto ao generalizar. Não são todos, a bem da verdade. Existem uns 10 (em quase 40) que estão aproveitando esses minutos extras para deixar tudo em ordem. E, aí, fico me perguntando: Será essa mesma a porcentagem? São apenas 25% que realmente se dedicam, aproveitando todas as oportunidades que surgem em sua frente?

Sinceramente, tento me lembrar da época em que era igual a eles… E, uma nostalgia é inevitável, afinal de contas, como era bom… Mas, olhando com olhos críticos, lembro-me muito bem que muitos também não aproveitavam as oportunidades, e que eu algumas vezes estava entre esses que não enxergava que o tempo dado era precioso e que ele poderia mudar o ritmo das coisas… Realmente, o passado não é lão tão melhor que o hoje. Não mesmo. Ele em pouco difere, na verdade, da nossa realidade. Entramos em um círculo, ou simplesmente repetimos tudo já há alguns vários anos quando o assunto é educação?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s