Virtudes e seus contrários

Ficamos pensando e olhando. Pessoas que passam a nossa volta e as quais, muitas vezes, poderiam nos ser úteis, serem indivíduoas importantes em nosso viver, mas que, por motivos inúmeros, acabamos por não termos contato, e não conhecemos suas virtudes.

Porém, basta um pequeno olhar, uma forma de expressar-se, seja por meio da palavra, ou por outro qualquer, e essa mesma pessoa a qual não conhecemos se torna, por um curto instante, ítima de nós. E, por esse curto instante, achamo-nos no direito de julgá-la, de apontar suas falhas, suas características mais absurdas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s