• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    janeiro 2011
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,366 pessoas!

A era do “mimimi”?

Observo muito a nossa sociedade, nosso cotidiano, e penso bastante a respeito de tudo que vejo e em meio a esses pensamentos vejo a formação de uma “era do mimimi”. Sabe quando todo mundo fica cheio de “não me toques”, se ofendendo facilmente com tudo que é falado, ficando chateado com a menor das coisas, agindo como se o mundo, como se todas as pessoas que estão a volta dela fizessem parte de uma grande conspiração contra ela? Então, isso é o que eu chamo de “era do mimimi”.

Não faço parte dessa era. Sou do tempo em que ouvimos as pessoas, entendemos e respeitamos o que elas dizem e pensam sem se sentir magoado porque tal pensamento não bate com o que penso. Sou do tempo em que, quando uma palavra, um direcionamento vem da parte de alguém mais sábio, mais vivido, escutamos e acatamos, sem chateação, pois tais decisões tomadas por pessoas mais experientes não são para nos chatear, mas para nos proteger.

Agora, entender o que fez com que as pessoas se doessem tão facilmente é algo que realmente me deixa preocupado. Creio que isso, esse “mimimi” todo deva-se a uma geração super-protegida, inclusive protegida de ouvir um não, uma palavra de questionamento. Soma-se a isso a sociedade do “filho único”, o que leva a formação de indivíduos que não foram acostumados a dividir suas coisas, a serem confrontados. Agora, óbvio, que não se resume apenas a isso, e se fóssemos elencar aqui todos os fatores que levam a isso, esse texto seria imenso.

Mas, gostaria de contar com a contribuição do meu leitor. Por meio do espaço de comentários, exponha suas ideias do que leva a essa “era do mimimi”.

Anúncios

Uma resposta

  1. Acho que é isso que vc falou mesmo, dessa geração superprotegida, essa geração Crepúsculo que parece ser mais inocente que as anteriores, mas tb mimada, que não sabe ouvir um não e não sabe lidar com um confronto de ideias.
    Mas há tb quem nem é dessa geração mas age assim, especialmente na internet, gente que usa a proteção da rede para descontar suas frustrações do dia-a-dia em quem aparecer com qualquer opinião diferente da sua. Não quer ouvir, discutir, não quer argumentar civilizadamente, apenas provocar, chegando até a ser contraditório, apenas para “ganhar” a discussão desmoralizando o outro. Este é o tipo de “mimimi” da pior espécie.
    É irritante, pode até estressar, mas tb é muito fácil de se livrar, basta ignorar,dar um block, deletar. Na vida real isso às vezes é difícil…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s