• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    agosto 2011
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,377 pessoas!

Belezas…

Onde é possível encontrar beleza? Não uma qualquer, daquela simplesmente física, ou maquiada, ou por que não dizer montada? Desse tipo de beleza é muito fácil de encontrar… Vá há um shopping center, ou em alguma casa noturna e o que você mais vai encontrar são pessoa que desfilam esse tipo de beleza. Ficam horas em academias, esculpindo seus próprios corpos, como se fossem artistas clássicos que moldam o mármore em busca do corpo perfeito. Levam mais outras horas acertando penteados, maquiando-se e escolhendo roupas de grife que mostrem os detalhes certos de seus corpos. É a arte da exposição. Essa beleza é importante, sem dúvida alguma. Faz bem aos olhos. Mas, não dura, não permanece, muito pelo contrário, se acaba. E, quando as pessoas já não tem mais essa beleza, que é passageira, percebem que perderam tempo demais cultuando um corpo, tempo que poderia ter sido utilizado melhor, e em meio ao culto do corpo, poderia ter buscado formar uma beleza mais concreta e de durabilidade muito maior. A beleza do ser, do indivíduo pensante.

Ah… mas essa beleza, essa sim é difícil. Enquanto a física dói para se alcançar, necessita de muito suor, a beleza perene, duradoura, essa é de uma dificuldade que explica o motivo de tão poucas pessoas conseguirem e se dedicarem a tê-la. E, além de tudo, é muito específica e, por muitas vezes, fica escondida, reservada para a apreciação de pouquíssimas pessoas. É uma beleza lapidada de forma lenta, cuidadosa, com escolhas bem delimitadas. Mas essa, essa independe de idade, não se liga ao físico. Essa beleza ilumina quando a boca se abre e pronuncia frases certeiras e traz opiniões das mais densas.

As duas tem suas qualidades e suas serventias… Qual mais lhe atrai?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s