Inquietação

E o incômodo lhe domina, enche o seu ser, gerando uma sensação estranha. Impaciência, intolerância, irritabilidade, carência. Tudo simplesmente parece lento demais para ele ou, então, acelerado em excesso. Nem ele sabe. Apenas sente que algo encontra-se fora do eixo, fora de prumo. Como se houvesse um desnível em relação a tudo que separa ele de outras pessoas.

“Peixe fora d’água”, seria essa a expressão popular que mais se aplicaria em algumas situações. Mas, em outras, fica-se até difícil definir facilmente como ele se sente. Mas, apenas sente e sabe, alguma coisa não está certa em meio a isso tudo que ele vê ocorrendo com as pessoas que estão a sua volta, com aqueles os quais ele conhece e isso lhe inquieta.

Primeiro, um estampido num café. Depois, uma cápsula que surge. E ainda, um caminho no meio de um nada. Para ele nada disso poderia parecer normal, muito pelo contrário. E tudo que podia fazer era tentar encontrar conexões para tudo isso que ocorria. E, o pior de tudo, que mais lhe deixava incomodado: ainda havia mais a ocorrer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s