• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    maio 2012
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,377 pessoas!

Greve do metrô X Greve das Universidades

Ontem, conversando rapidamente com um amigo a respeito do evento da greve dos metroviários, percebemos, mais uma vez, o quanto os valores estão deturpados em nossa sociedade.

A visibilidade que a paralização de ontem tomou foi uma coisa absurda. Tudo bem que é São Paulo, a grande metrópole do Brasil, com seus números absurdos e superlativos mais ainda. Mais de 200 km de congestionamento realmente é muita coisa e incomodou uma galera e tanto. Suspensão do rodízio de veículos, quebra-quebra e tal. Realmente, é muito difícil ficar sem o transporte coletivo que leva as pessoas de um lado para o outro dentro da cidade. Na Grande Vitória, onde resido, quando pararam algumas vezes os motoristas e cobradores de ônibus, tudo ficou um caos e congestionado (mas lógico que não no mesmo nível que São Paulo).

Mas, o que nos deixou estupefato foi a velocidade com que as coisas se resolveram dentro dessa situação. Ontem mesmo, as 16:36h foi dada a notícia de que os metroviários tinham fechado acordo com o sindicato patronal e decidido pelo fim da greve. Menos de um dia e tudo se resolveu. Aumento dado, vale-refeição de 20 reais por dia (quase R$ 600,00 em um mês) e aumento acima da inflação.

Tudo isso apareceu o dia inteiro em jornais televisivos, com plantões no meio da programação e muito espaço dentro da mídia. Realmente, causou transtorno. Mas, enquanto a Folha de São Paulo, o G1, o R7 e muitos outros veículos de notícia estampam em letras imensas de seus portais a tamanho do congestionamento de ontem (249 km), praticamente não vemos notícia a respeito da greve das universidades de nosso país. 44 universidades de nosso Brasil estão paralisadas, e outras estão em processo de adesão ao movimento grevista. São os pesquisadores de nosso país, são os professores que formam profissionais como engenheiros, médicos, dentistas, outros professores. E o espaço para essa discussão é pouco. Não se discute o descaso com a educação em nosso país. Prefere-se dizer que o índice de reprovação está elevado, do que buscar entender os fatores que levaram a índices como esses.

Mas, alguns podem dizer que o quadro da docência está melhorando. Me pergunto se está mesmo. Faço parte de uma minoria dentre os professores. Tenho uma boa remuneração, trabalho em uma rede de ensino reconhece os méritos dos bons profissionais, recebo meu salário em dia. Mas, infelizmente, essa não é a realidade da imensa maioria dos professores, sejam de escolas públicas ou privadas de nosso país. E essa, muito menos, é a realidade dos professores de nossas universidades. Enquanto vereadores ganham 10 mil reais, deputados 15 mil, senadores 20 mil, um professor doutor de universidade federal mal chega a 5 mil. Mas, não, isso não importa. Milhares de profissionais com formação de excelência e publicações acadêmicas não tem importância dentro do quadro brasileiro. Dá um aumento para os professores do ensino regular, um aumento em um piso que é ridículo e assim o permanece mesmo após o aumento e o que prefeitos fazem é viajarem para Brasília para reclamar do aumento, como se a educação fosse um fardo econômico para se carregar ao invés de um investimento com retorno garantido.

O descaso é imenso. Mas, é assim que caminha a nossa sociedade. Metroviários tem seus acordos em poucas horas, enquanto professores universitários passarão meses em greve e, provavelmente, nada alcançarão.

Anúncios
« »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s