Focos e direções

Outro dia li um comentário de um leitor de meu blog, enviado para mim via e-mail. Ele dizia gostar do meu blog, mas lhe incomodava o fato do mesmo não ter um foco, uma temática específica que permeasse todas as minhas postagens. Confesso que fiquei impressionado, pois não havia pouco tempo também tinha pensado a mesma coisa.

Escrevo aqui sobre os mais variados assuntos e coloco os mais diversos tipos de textos. Contos, poemas, reflexões sobre o nosso cotidiano e por aí vai. E, tenho de concordar com o meu leitor: tem horas que, acredito, a falta de foco tanto das estruturas textuais, quanto da temática pode ser um fator que faça as pessoas não revisitarem o blog, dado que não há um tema específico para o mesmo.

Esse é um problema que enfrento desde os tempos em que esse espaço se chamava “Grammaton” e, mesmo depois de mudar para “Caminhos…”, ainda assim a dificuldade de foco permaneceu. Mas, são tantos os assuntos que tenho vontade de desenvolver. São tantos os textos que começam a sair da minha mente e por meio dos meus dedos chegam até a tela do computador que não consigo filtrar os mesmos e dizer qual deve ou não ser publicado. Mas o foco começa a ser mais que necessário, pois esse espaço precisa de uma identidade, de uma cara. Então, não se espantem se alguns assuntos e tipos de texto simplesmente não forem mais publicados aqui nesse espaço, é apenas uma direção que esta sendo tomada.

Anúncios

Um comentário sobre “Focos e direções

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s