• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   fev »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,377 pessoas!

Envelhecer

O envelhecimento é algo inevitável. Nenhum de nós consegue escapar dele. Não somos personagens fantásticos como vampiros, highlanders, nem vivemos na Terra do Nunca. Vivemos nesse mundo cruel e ao mesmo tempo maravilhoso, pela graça de Deus, que nos concede o prazer da vida a cada segundo que estamos aqui.

Os cabelos ficam embranquecidos, as rugas aparecem, cada dia mais marcadas. Os cabelos se tornam ralos, nosso corpo se curva, nossos pés e joelhos tornam-se cada vez mais rígidos. Muitas coisas mudam em nossas vidas a cada segundo que vivemos, mas momentos como o de hoje (particularmente) me fazem pensar em tudo que já passei, naquilo que vive e como aprendi.

Trinta e um anos de vida completados nesse 05/12/2012. E, a reflexão é inevitável, todos fazem isso. No dia do aniversário, o dia que marca e que nos força a lembrar que envelhecemos, todos nós fazemos uma regressão e pensamos em tudo que já nos ocorreu em nossas vidas. Faço isso agora, pensando naquilo que fiz, no que deixei de fazer, no que não deveria ter feito. Não vou mentir e dizer que não existem arrependimentos. Hipócrita é o homem que diz que não se arrepende de nada que fez. Me arrependo sim de ter bebido tudo que bebi e hoje viver com um problema crônico de saúde, me arrependo sim ter deixado sonhos de lado. Me arrependo sim de ter quebrado o vidro da porta da escola quando era moleque. Me arrependo de não ter dito para meu avô, antes dele falecer o quanto ele era e ainda é importante para mim e o quanto aprendi com ele. Mas, me orgulho também pelas decisões tomadas por mim, pela escolha de ir contra muitos que acharam loucura quando eu escolhi a profissão que tenho hoje e que me orgulho. Não me arrependo nenhum um pouco do caminho que escolhi religiosamente, pois hoje vivo verdadeiramente próximo ao Senhor Jesus. Me orgulho de ter o casamento que tenho, com a mulher certa, que me completa de uma forma que ninguém nunca conseguirá entender o todo que ela fazer ser a minha vida.

Os cabelos brancos são inúmeros em minha cabeça, as rugas em meu rosto são marcadas, os esporões doem, os joelhos rangem, as costas incomodam quase que todos os dias. Mas, envelheci. Não da forma como imaginei, não conquistando tudo que queria conquistar. Mas, envelheci da forma que me fez ser uma pessoa melhor do que eu imaginava que seria possível ser. Envelheci conquistando outras coisas, muito maiores do que aqueles que pensei que teria. Tenho a felicidade que me enche de tal forma que me sinto mais do que vencedor. Por mais que eu não goste de envelhecer, e realmente isso me incomoda muito, não tenho como não admitir que é melhor envelhecer do que parar no tempo. Se jovem sempre tivesse sido, não seria o que sou hoje, não estaria na caminhado que hoje estou.

Agradeço aqui a todos que acompanharam esse meu envelhecimento e aqueles que ainda acompanham. Muitas pessoas passaram por minha vida. Com algumas mantenho ainda contato, outras seguiram rumos que nos distanciaram (e eu segui também rumos que me distanciaram delas). Mas, só tenho a agradecer a todos. Mas, de uma forma mais especial, agradeço aquele que é o maior de todos e que sem Ele ainda estaria entregue aos pecados, a vida que levava até alguns anos atrás. A ti, meu Senhor, lhe agradeço de todo coração, pela Sua imensa misericórdia. Só o Senhor sabe de onde me tiraste, de tudo que o Senhor, em sua imensa misericórdia, evitou que eu tivesse em minha vida. O Senhor me transformou e tem me transformado cada vez mais. Sei que sou falho e ainda tenho muito a aprender para ser um servo digno de toda a sua misericórdia, mas mesmo assim o Senhor ainda olha por mim, zela por mim, cuida de mim. O Senhor me deu a salvação que tanto precisava. O Senhor me concedeu a alegria maravilhosa de ter uma esposa carinhosa, de ter uma família incrível, de conquistar tudo que eu sequer sonhava para mim. Muito obrigado meu Senhor por tudo, por esses 31 anos que vive e por me dar o prazer de estar servindo a ti. E eu lhe peço, em sua infinita misericórdia, que o Senhor cubra de bênçãos todos os que estiveram comigo em minha vida. Conceda-lhes os prazer de conhecer a Ti verdadeiramente e enxergar que apenas em ti existe a verdadeira salvação. Eu te agradeço, te glorifico e lhe peço, em nome de seu filho amado Jesus. Amém.

Anúncios
« »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s