• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « dez   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,366 pessoas!

Depois de um tempo algo me incomoda novamente

Depois de um tempo distante, novamente estou aqui. Escrevendo, como sempre, a respeito dos mais diversos temas, que algumas vezes possam vir a minha mente, possam me incomodar e, exatamente por isso, serem tratados aqui. Pois, o que nos incentiva sempre a formarmos opinião é justamente quando algo nos incomoda. Ao contrário de muitas pessoas, gosto de sentir o incômodo. Sentir que algo me fez parar para pensar e analisar das mais variadas formas meu próprio pensamento, minha forma de ver o mundo, de ver algumas pessoas, etc. Confesso que gerou em mim um incômodo muito grande assistir a entrevista de Silas Malafaia no programa “De frente com Gabi”. Pessoa que muitos não suportam, Silas Malafaia sempre teve a minha atenção devido a sua sinceridade e certeza ao dar sua opinião (mesmo que muitas vezes ultrapasse o bom senso e o respeito aos outros ao emití-la). Justamente por isso, e já sabendo que seria, no mínimo, interessante, resolvi assistir tal entrevista no Youtube ontem a noite. Os posicionamentos de Malafaia nos assuntos abordados já eram mais do que conhecidos por todos que acompanham a mídia. Agora, impressionou-me a postura de Marília Gabriela.
 
Jornalista há anos, muito respeitada no meio, com um programa de considerável respeito da área, fiquei estupefato com a postura extremamente arrogante, prepotente e preconceituosa para com os evangélicos e não apenas com a figura de Silas Malafaia. O desconhecimento e o despreparo para a entrevista foram mais do que visíveis e foi nítida que a intenção da mesma era apenas denegrir publicamente a imagem do seu entrevistado, o que me deixou chocado. O tom irônico, jocoso, muitas vezes presentes em suas falas direcionadas ao entrevistado não apenas feriram o mesmo, mas tenho certeza que deixaram muitos de seus espectadores, sejam eles evangélicos ou não, sem entender o porque de tamanha quantidade de ataques.
 
Agora, me pergunto: Não será esse o posicionamento de muitos em nossa sociedade a respeito dos evangélicos? Lembro que quando me converti, deixando a Igreja Católica, e passando a fazer parte de uma igreja evangélica, a Igreja Cristã Maranata, fui julgado por alguns e até sofri atos de preconceito. Não foram poucas as piadas que escutei (e ainda escuto) pelo fato de ser membro de uma igreja evangélica. Fui chamado de alienado só por ser evangélico, vejo ateus chamando cristãos e outros religiosos de dementes, “tapados”, etc. Até membros de outras igrejas que não são de denominação evangélica agem com preconceito contra nós. Agora, o mais absurdo é ver o preconceito que existe entre os próprios evangélicos. Confesso que já incorri nessa falha e que não foi há pouco tempo. Mas, tenho tentado evitar e corrigir isso em mim. “Na casa de meu Pai há muitas moradas”, assim deixou bem claro seu Filho, e justamente por isso devemos aprender a respeitar a todos e deixar os julgamentos para que eles sejam feitos por quem de direito pode fazer. Mas, a minha curiosidade e o meu incômodo ainda persistem.
Anúncios
« »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s