• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    maio 2013
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,377 pessoas!

Pensando nos próximos 10 anos

Como educador eu tenho me perguntado, com muita sinceridade, será que investindo o dinheiro dos royalts como quer a senhora presidenta os problemas do país se resolverão?

O problema da educação hoje não é falta de dinheiro. ALguns podem querer tacar pedra em mim por afirmar isso com tamanha segurança, sem colocar uma vírgula ou retiscências. Mas, não é! Infelizmente, o problema é muito mais grave do que podemos enxergar. O problema é a má utilização de toda a verba que é destinada para o setor, que não é pouca. Se observarmos o quanto é destinado para cada secretaria de educação, veremos que são valores vultuosos, mal distribuídos e mal investidos. Óbvio, não sou nenhum especialista em administração pública, muito menos consigo dar conta de organizar minhas próprias finanças, mas me pergunto se realmente é necessária uma verba tão exagerada para a educação. Por que destinar todo o dinheiro dos royalts (que nem sabemos se vai realmente existir, é bom lembrar disso!) para apenas uma área?

Me pergunto isso ao ver a crescente na criminalidade em nosso país. Assassinatos violentos, roubos, estupros, sequestros. Isso tem aumentado em uma exponencial sem fim. A crueldade dos criminosos é cada vez maior, a um ponto tal que chegamos ao absurdo de dizer que os criminosos de antigamente tinham respeito. Sim, ouvi isso outro dia de um locutor de rádio de um jornal de nível nacional (outro dia não, essa semana!). Por que não investir esse dinheiro na área de segurança pública? Mas, não! Dá mais espaço na mídia e chama mais a atenção ver senadores gritando na TV, imitando marginais e simplificando a resolução do problema, defendendo a redução da maioridade penal. E, enquanto esses senadores e deputados defendem tamanho absurdo em suas grandes salas com ar-condicionado, café fresquinho e cercado por uma bando de "aspones", a população sofre na mão do poder paralelo.

Me pergunto novamente se é necessário investir todo o dinheiro dos royalts na educação quando paro para olhar o descaso com a saúde pública que a população de nosso país tem que encarar todos os dias. Pessoas sendo atendidas em pé nos corredores, pacientes em estado de coma deitados em colchonetes no chão de hospitais, mulheres grávidas perdendo seus filhos. Pessoas sendo mortas acidentalmente devido ao despreparo de enfermeiros e médicos. Hospitais com aparelhos quebrados, ambulâncias sucateadas.

Por que não também investir parte desse dinheiro na reestruturação dos bombeiros de nosso país. Bem recente uma reportagem em nível nacional mostrou o quanto o corpo de bombeiros estão em situação deplorável em diversos estados brasileiros. Carros que vazam água do reservatório, que tem mangueiras furadas. Bobeiros que trabalham sem o material de segurança completo e por aí vai.

Por mais que eu apoie a senhora presidenta Dona Dilma, não dá mais para achar que investir em apenas um segmento de nossa sociedade resolverá os nossos problemas. O governo tem de atuar em diversas frentes. Se preocupar menos em dar benefícios disso e daquilo para setores que já estão mais do que enriquecidos pelo próprio mercado (como a indústria automobilística) e pensar numa distribuição melhor de todos os recrusos que temos a disposição em nosso país. O nível de desonerações em diversos setores está cada vez maior, num incentivo nunca antes visto na história desse país ao consumismo. Mas, e investimentos concretos nas áreas basilares de nossa sociedade? Não apenas em uma área, mas em todas elas? Quando teremos? ë de se comemorar as conquistas dos dez anos de governo petista? Sem dúvida! Mas, é de se olhar para o que foi deixado de lado também nesses dez anos e pensar nos próximos dez que ainda estao a vir pela frente, seja com petistas, tucanos, democráticas, socialistas ou quaisquer outros partidos, pois nosso país e nosso povo está bem acima de qualquer filiação partidária. As preocupações de nossa nação estão acima de quaisquer partidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s