• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    junho 2013
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,377 pessoas!

Das manifestações

Demorei um pouco para emitir as minhas opiniões a respeito das manifestações que vem ocorrendo em nosso país, pois estava esperando para ver a reação da própria sociedade brasileira como um todo frente a isso que está ocorrendo. Mas, agora, sinto a necessidade de falar aqui daquilo que vem tomando conta da mídia nos últimos dias.

Como é bom ver no noticiário algo que realmente importa, e não apenas Copa das Confederações, FIFA, Seleção Brasileira, Neymar e cia. Confesso que estava me preparando para passar um período distante dos noticiários, exatamente para evitar a enxurrada de informações a respeito de futebol. Não que eu seja daqueles que apenas critique, que não saiba de futebol e tem raiva dos que acompanham. Gosto de, na medida do possível, fica atualizado com algumas informações a respeito desse esporte que é tido como a paixão nacional e etc. (tenho um equipe no Cartola e já estou sabendo que o Internacional fechou contrato de risco com Adriano, por exemplo). Mas, o que me incomoda é o excesso de informação sobre isso e eu tinha certeza de que os jornais estariam recheados disso e só falariam nisso. Mas, então, o povo resolveu acordar e isso foi fantástico.

Estamos vendo notícias sobre a Copa das Confederações e a Seleção Brasileira em tudo que é canto? Sem dúvida alguma. Mas, dividindo espaço nos portais de notícia, nos jornais televisivos e etc, está o povo, que resolveu ir a luta pelos seus direitos e acordou, depois de 20 anos, para participar novamente da política nacional e se fazer ser ouvido. Desde o movimento dos Caras Pintadas que não víamos uma manifestação tão engajada, tão organizada e com tanto espaço na televisão e nos jornais impressos. Para ajudar, as manifestações atuais são ligadas ao seu contexto e tudo aparece de imediato nas redes sociais (Facebook e Twitter). Impressionante a velocidade de informação. E isso faz as coisas tomarem proporções épicas e mostra o evento como ele é. Não preciso nem ressaltar, pois todos já entenderam, que esse movimento todo que está acontecendo em nível nacional (ontem mais de 250 mil pessoas foram às ruas em todo o país em diversas capitais) não é apenas por causa do aumento na passagem de ônibus. É um movimento muito mais complexo, cheio de nuances e interesses.

Mas, algumas coisas estão me deixando apreensivo frente ao posicionamento de alguns setores da sociedade em relação ao movimento e o principal é a posição de alguns em defender uma intervenção dos militares no Brasil, pregando que os mesmos são os defensores da democracia e que precisam tomar a frente do governo brasileiro. ISSO É ASSUSTADOR! Há não tanto tempo atrás vivemos uma realidade de intensa repressão, perseguição e torturas em nosso país. Esse período é conhecido como Ditadura Militar, e durou de 64 a 85. Muitas pessoas que desapareceram nesse período ainda não retornaram para suas casas e muitas famílias ainda sofrem com o trauma da ditadura. E então somos obrigados a ver pessoas defendendo um retorno disso? Sim, somos! É a liberdade de expressão, a liberdade de opinião, que não tínhamos na época em que os militares comandavam o nosso país, pela qual lutamos durante anos e temos hoje em dia e toda a sociedade a tem, inclusive os defensores do retorno dessa atrocidade.

O que devemos ter consciência plena é do seguinte: o direito democrático não deve ser desrespeitado nunca. Somos uma democracia de direito e devemos fazer uso disso. O movimento é justo e necessário. Alguns podem falar que ele é oportunista, por estar ocorrendo durante a Copa das Confederações, e realmente é, no bom sentido da palavra. É agora que todos estão voltados para o que está efetivamente ocorrendo aqui. É agora que precisamos mostrar para o mundo que nós brasileiros cansamos do descaso do poder público com o povo, com o cidadão dessa nação. Vamos sim às ruas, lutar por aquilo que é nosso direito.

QUE VENHAM MAIS MANIFESTAÇÕES!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s