Trânsito

Tudo que se vai e foi apenas era e é aquilo que um dia foste e nada é mais por ser temporário, transitório. E o trânsito, com seus ires e vires, loucos, velozes, insanos, medonhos, nos assusta em sua rapidez notória que vem a ser, sem vir, sem ir. Apenas o é, e assim sendo, é!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s