• Sobre mim mesmo…

    Adolfo Brás Sunderhus Filho é professor de História, Filosofia e Sociologia, que tem um mania de ficar observando tudo a sua volta e quando acha que algo é interessante (ou nem tanto) acaba por escrever por aqui sobre isso...
  • Calendário

    junho 2017
    S T Q Q S S D
    « maio    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 281 outros seguidores

  • Pessoas!

    • 2,356 pessoas!

Fé…

Desvios,
Mudanças,
Pensamentos,
Coisas,
A se fazer,
A se resolver,
Mas,
Tudo conseguiremos,
Com o apoio do Senhor,
Buscando sempre a Ele,
E tendo a fé,
De que tudo se resolverá,
Muito além do que podemos imaginar

E agora o que realmente importa, as eleições…

Em meio a tudo e a todos, a Copa finalmente terminou. Para os brasileiros, terminou bem antes. Mas, nosso povo, como respira futebol, mesmo após a eliminação de nossa Seleção, ainda continuou assistindo os jogos, comentando e por aí vai… E, agora, temos o vitorioso… Espanha. Em uma final na qual sairia um campeão inédito, algo que não acontecia desde 1978, quando o título foi disputado por Argentina e Holanda. E, em 78, deu Argentina. A Holanda, naquele ano, amargou seu segundo vice-campeonato, seguido. E, agora, em uma terceira vez que chega à final de uma Copa do Mundo, o que a Holanda consegue novamente? O vice-campeonato. Complicada essa vidinha da Holanda, de ser vice novamente? Nada disso… Complicada é a vidinha de muitos dos brasileiros que mal tem dinheiro pra pagar a passagem de ônibus, mas que ficavam nos bares enchendo a cara e mandando “pendurar” a conta… Complicada é a vida de muitos brasileiros que estão à margem da sociedade, mas que mesmo assim ficavam comentando sobre a Copa do Mundo, mesmo depois de Dunga e seus escolhidos terem sido mandados de volta para casa… Agora, é aguardar que o brasileiro se dedique de corpo e alma, com todas as atenções que dedicou à Copa do Mundo por um evento que acontecerá nesse segundo semestre, que é muito mais importante para o destino da nação do que o hexacampeonato. É aguardar que o brasileiro dê a mesma importância, atenção e audiência às eleições para presidente, senador, deputado federal, governador e deputado estadual que teremos nesse ano. E alguns podem se perguntar: Mas, tem eleição esse ano? É, meu caro… Tem sim… Não era só a Copa do Mundo que era importante esse ano…