Mulheres…

Presente de Deus,
Para nós homens,
Que estávamos sozinhos
Na imensidão perfeita do paraíso,
Em meio a animais,
Que tinham todos seus pares
Enquanto nós homens, estávamos ali,
Sozinhos,
Incompletos,
Tristes…

Então Deus,
Em sua enorme sabedoria e bondade,
Deu-nos um presente…
E que perfeito,
Que maravilhoso,
Que belo,
E…
Estupendo
Foi esse presente…

Hoje somos todos apaixonados por elas…
Dependente, de todas as formas possíveis e imagináveis,
Somos desse presente…
Um presente divino,
Peculiar
Único…
E belo…
A…
Mulher…

Texto originalmente publicado em 13/03/2008

Anúncios

Reflexões de uma pequena mente…

Fui questionado em sala de aula (sou professor, como alguns sabem) por um aluno a respeito de nossa sociedade. Um aluno, de 13 anos de idade, me perguntou se a sociedade era essa loucura quando eu tinha a idade dele. E, o que me assustou nessa pergunta é que a diferença de idade entre eu e ele não é tão grande assim: são 15 anos de idade. E, ao imaginar o passado, ao tentar lembrar como eram as coisas há quinze anos atrás, me questionei se eu não fazia as mesmas perguntas que essa criança faz hoje em dia.

Será que fazíamos essas mesmas perguntas quando éramos mais novos?