Impossibilidades constantes na inconstância que nos acomete

Intolerâncias pensadas,
Ações inconstantes,
Atitudes que não apresentam lógica,
Numa sociedade cada vez mais densa.

Por que estamos em um meio,
Num ato que em tanto difere,
Mas que em muito se estabelece,
Como único possível,
Dentre tantos impossíveis?

Anúncios

Além das atitudes…

Já parou para pensar no peso que as atitudes têm sobre a imagem que as pessoas fazem de você? Pensei muito sobre isso nesse final de semana. No quanto os outros nos avaliam. No quanto terceiros constroem um pensamento sobre nós que, muitas vezes, não condizem com o que pensamos sobre nós mesmos. E, isso tudo… O que devemos fazer, deixar de fazer? Pensar, deixar de pensar? Existe uma base para as atitudes? Um molde? Que existe, existe… Porém, deve mesmo ser seguido? E se deve, por quê?

Mas, uma coisa é fato (se é que fato, nesse caso, existe). Temos atitudes, e por elas somos avaliados, e por elas construímos nossa imagem dentro do meio que estamos inseridos.